Escolher uma corretora Forex

Os 5 momentos mais importantes

Se você um trader à procura de oportunidades de investimento, a negociação cambial dá acesso ao maior mercado do mundo, não importa onde você esteja - tudo o que precisa é de uma corretora Forex.

Escolher uma corretora Forex

Atualmente, há uma infinidade de corretoras Forex ao redor do mundo, que oferecem uma grande variedade de diferentes plataformas de negociação online. Este artigo visa sublinhar os 5 pontos mais importantes a considerar quando escolher uma corretora Forex.

Os 5 momentos mais importantes a considerar quando escolher uma corretora Forex

A seleção de uma corretora Forex é uma das decisões mais importantes que um trader deve tomar ao iniciar suas negociações nos mercados financeiros. Como sabemos, o mercado de câmbio é o maior entre todos os mercados financeiros do mundo onde os corretores Forex apresentam-se em grande número, oferecendo uma variedade de diferentes plataformas de negociação online, de modo que os comerciantes precisam ter cuidado ao selecionar uma corretora Forex que ajude-os adequadamente a conduzir suas atividades negociais.
Escolher o corretor certo é uma tarefa colossal, exigindo longas pesquisas na internet longas e filtro cerrado das informações contidas em propagandas. Todavia é um exercício necessário. Neste artigo, vamos sublinhar os 5 pontos mais importantes a considerar quando escolher uma corretora Forex no mercado que hoje encontra-se altamente competitivo.

1. Regulação

Sem dúvidas, o primeiro momento a se considerar é a respeito das licenças que a corretora possui. É necessário ter consciência de que encontrar um corretor totalmente confiável não é simples, já que o mercado Forex opera em todo o mundo e não há regulamentação global. Além disso, um site com aparência profissional não é de forma alguma garantia de que um corretor é devidamente regulamentado.

Embora alguns países possuem seus próprios órgãos reguladores, ainda existem alguns corretores que não se submetem à regulação nacional. É importante saber se o corretor possui licença reconhecida por alguma autoridade nacional. Este tipo de regulação por licença provê aos traders uma segurança maior, especialmente em termos de saque posterior do dinheiro depositado.

Verificar a credibilidade de um corretor Forex através de suas licenças é relativamente fácil, uma vez que há agências reguladoras com objetivo de denunciar os corretores fraudulentos. Entre elas pode-se citar a National Futures Association (NFA) and Commodity Futures Trading Commission (CFTC) nos Estados Unidos, a Financial Conduct Authority (FCA) na Inglaterra e a CySEC (Cyprus Securities & Exchange Commission) no Chipre.

2. Tipos de Corretoras Forex

O trabalho em Forex permite que os traders negociem tanto com corretores quanto agentes (Dealers). Em termos gerais, um corretor (Broker) é a pessoa ou instituição intermediária entre os comerciantes individuais e os chamados criadores de mercado (Market Makers). Eles processam eletronicamente as ordens de um trader através de sistemas de computador e são conhecidos como agências que não negociam (Non Dealing Desk).

Os spreads oferecidos pelos corretores podem ser fixos ou flutuantes sobre os quais incidem as comissões em percentuais do spread. Por exemplo, algo em torno de 10 USD por lote de negociação. Entre os modelos negociais estruturantes, os mais populares são o ECN (Electronic Communications Network) e STP (Straight Through Processing). Através deles, os traders têm acesso à oferta de grande volume, apresentada pelos Market Makers com reduzidos spreads.

Os traders negociam segundo com as condições propostas pelos Market Makers, através de um intermediário conhecido como Dealing Desk, o qual irá processar e executar as ordens recebidas. É importante ter conhecimento das diferenças entre Brokers  e Dealers para que se possa escolher aquele que melhor atenda as necessidades específicas de cada trader.

 3. Custo das Transações

Qualquer atividade dos traders nos mercados financeiros envolve custos que podem ser em outras moedas daquela particular do trader. Cada vez que um trader abre uma posição, ele ou paga uma comissão explícita ao corretor ou uma implícita no spread, que é a diferença entre os preços de compra (ask) e venda (bid). Um trader precavido coordena um um estudo minucioso de qual variante se adapta melhor ao estilo negocial previsto. Todavia, pode ocorrer do trader contrabalancear custos mais baixos em prol da segurança de um corretor mais confiável. Sendo assim, o ideal é encontrar um equilíbrio entre spreads estreitos e segurança negocial.

4. Plataforma Negocial

As negociações online em Forex ocorrem através de uma plataforma negocial provida pela corretora. Ela deve ser em primeiro lugar confiável, estável e fácil de usar, pois ela é de fato a sua porta para os mercados. Em segundo lugar, deve possuir interface amigável com elementos gráficos e opções interessantes, como add-ons de análise técnica e fundamental, pois o trader passará muito tempo em frente deste terminal.

As boas plataformas possuem à mão os botões de compra e venda, bem como um botão de “pânico” que fecha automaticamente todas as posições abertas. As plataformas ruins podem gerar erros na transmissão das ordens, o que é realmente algo sério. Os traders devem estar atentos a este fato.

Outras considerações envolvem a previsão de feed de notícias ou outras informações importantes sobre os mercados financeiros, bem como opções de customização das ordens, seleção de tipos das ordens e a possibilidade de trabalhar com negociação automática, construtores de estratégias e alertas negociais. Por último, é interessante a corretora prover acesso à uma conta de demonstração ou treinamento, onde os traders iniciantes podem experimentar as funcionalidades da plataforma e aprender mais sobre os detalhes das negociações.

5. Suporte ao Cliente

A competência de uma corretora é medida na mesma proporção em que trata dos problemas de seus clientes quanto seu desempenho em executar as ordens propostas. Embora o fato de nenhum corretor ser perfeito, é importante escolher um que pode ser contactado a qualquer momento em caso de problemas. Algumas corretoras podem se comportar profissionalmente durante a execução de ordens, mas não possuem serviços de suporte ao cliente decentes.

É de bom grado, portanto, os traders testarem a disponibilidade do suporte ao cliente através dos canais de comunicação propostos nos sites dos corretores. Um bom corretor Forex oferece sempre qualidade, rapidez e cortesia no trato com seus clientes.

Com centenas de corretores de Forex para escolher, é importante para selecionar um corretor de confiança que oferece todos os recursos necessário aos traders. Ao fazer sua pesquisa antes de abrir uma conta com um corretor, você adquire um conhecimento de valor inestimável e tem aumentada suas chances de obter sucesso negocial.

Este artigo foi fornecido por Alpari Forex Trading 

Atualmente, há uma infinidade de corretoras Forex ao redor do mundo, que oferecem uma grande variedade de diferentes plataformas de negociação online. Este artigo visa sublinhar os 5 pontos mais importantes a considerar quando escolher uma corretora Forex.

Os 5 momentos mais importantes a considerar quando escolher uma corretora Forex

A seleção de uma corretora Forex é uma das decisões mais importantes que um trader deve tomar ao iniciar suas negociações nos mercados financeiros. Como sabemos, o mercado de câmbio é o maior entre todos os mercados financeiros do mundo onde os corretores Forex apresentam-se em grande número, oferecendo uma variedade de diferentes plataformas de negociação online, de modo que os comerciantes precisam ter cuidado ao selecionar uma corretora Forex que ajude-os adequadamente a conduzir suas atividades negociais.
Escolher o corretor certo é uma tarefa colossal, exigindo longas pesquisas na internet longas e filtro cerrado das informações contidas em propagandas. Todavia é um exercício necessário. Neste artigo, vamos sublinhar os 5 pontos mais importantes a considerar quando escolher uma corretora Forex no mercado que hoje encontra-se altamente competitivo.

1. Regulação

Sem dúvidas, o primeiro momento a se considerar é a respeito das licenças que a corretora possui. É necessário ter consciência de que encontrar um corretor totalmente confiável não é simples, já que o mercado Forex opera em todo o mundo e não há regulamentação global. Além disso, um site com aparência profissional não é de forma alguma garantia de que um corretor é devidamente regulamentado.

Embora alguns países possuem seus próprios órgãos reguladores, ainda existem alguns corretores que não se submetem à regulação nacional. É importante saber se o corretor possui licença reconhecida por alguma autoridade nacional. Este tipo de regulação por licença provê aos traders uma segurança maior, especialmente em termos de saque posterior do dinheiro depositado.

Verificar a credibilidade de um corretor Forex através de suas licenças é relativamente fácil, uma vez que há agências reguladoras com objetivo de denunciar os corretores fraudulentos. Entre elas pode-se citar a National Futures Association (NFA) and Commodity Futures Trading Commission (CFTC) nos Estados Unidos, a Financial Conduct Authority (FCA) na Inglaterra e a CySEC (Cyprus Securities & Exchange Commission) no Chipre.

2. Tipos de Corretoras Forex

O trabalho em Forex permite que os traders negociem tanto com corretores quanto agentes (Dealers). Em termos gerais, um corretor (Broker) é a pessoa ou instituição intermediária entre os comerciantes individuais e os chamados criadores de mercado (Market Makers). Eles processam eletronicamente as ordens de um trader através de sistemas de computador e são conhecidos como agências que não negociam (Non Dealing Desk).

Os spreads oferecidos pelos corretores podem ser fixos ou flutuantes sobre os quais incidem as comissões em percentuais do spread. Por exemplo, algo em torno de 10 USD por lote de negociação. Entre os modelos negociais estruturantes, os mais populares são o ECN (Electronic Communications Network) e STP (Straight Through Processing). Através deles, os traders têm acesso à oferta de grande volume, apresentada pelos Market Makers com reduzidos spreads.

Os traders negociam segundo com as condições propostas pelos Market Makers, através de um intermediário conhecido como Dealing Desk, o qual irá processar e executar as ordens recebidas. É importante ter conhecimento das diferenças entre Brokers  e Dealers para que se possa escolher aquele que melhor atenda as necessidades específicas de cada trader.

 3. Custo das Transações

Qualquer atividade dos traders nos mercados financeiros envolve custos que podem ser em outras moedas daquela particular do trader. Cada vez que um trader abre uma posição, ele ou paga uma comissão explícita ao corretor ou uma implícita no spread, que é a diferença entre os preços de compra (ask) e venda (bid). Um trader precavido coordena um um estudo minucioso de qual variante se adapta melhor ao estilo negocial previsto. Todavia, pode ocorrer do trader contrabalancear custos mais baixos em prol da segurança de um corretor mais confiável. Sendo assim, o ideal é encontrar um equilíbrio entre spreads estreitos e segurança negocial.

4. Plataforma Negocial

As negociações online em Forex ocorrem através de uma plataforma negocial provida pela corretora. Ela deve ser em primeiro lugar confiável, estável e fácil de usar, pois ela é de fato a sua porta para os mercados. Em segundo lugar, deve possuir interface amigável com elementos gráficos e opções interessantes, como add-ons de análise técnica e fundamental, pois o trader passará muito tempo em frente deste terminal.

As boas plataformas possuem à mão os botões de compra e venda, bem como um botão de “pânico” que fecha automaticamente todas as posições abertas. As plataformas ruins podem gerar erros na transmissão das ordens, o que é realmente algo sério. Os traders devem estar atentos a este fato.

Outras considerações envolvem a previsão de feed de notícias ou outras informações importantes sobre os mercados financeiros, bem como opções de customização das ordens, seleção de tipos das ordens e a possibilidade de trabalhar com negociação automática, construtores de estratégias e alertas negociais. Por último, é interessante a corretora prover acesso à uma conta de demonstração ou treinamento, onde os traders iniciantes podem experimentar as funcionalidades da plataforma e aprender mais sobre os detalhes das negociações.

5. Suporte ao Cliente

A competência de uma corretora é medida na mesma proporção em que trata dos problemas de seus clientes quanto seu desempenho em executar as ordens propostas. Embora o fato de nenhum corretor ser perfeito, é importante escolher um que pode ser contactado a qualquer momento em caso de problemas. Algumas corretoras podem se comportar profissionalmente durante a execução de ordens, mas não possuem serviços de suporte ao cliente decentes.

É de bom grado, portanto, os traders testarem a disponibilidade do suporte ao cliente através dos canais de comunicação propostos nos sites dos corretores. Um bom corretor Forex oferece sempre qualidade, rapidez e cortesia no trato com seus clientes.

Com centenas de corretores de Forex para escolher, é importante para selecionar um corretor de confiança que oferece todos os recursos necessário aos traders. Ao fazer sua pesquisa antes de abrir uma conta com um corretor, você adquire um conhecimento de valor inestimável e tem aumentada suas chances de obter sucesso negocial.

Este artigo foi fornecido por Alpari Forex Trading 

Considera este artigo útil?

Gostaria de fazer comentários, actualizações ou colocar questões? Escreva aqui: